Roteiro Personalizado



INFORMAÇÕES ÚTEIS

Alfândega Embaixadas
Passaporte Visto Americano
Câmbio Consulta de Voos
Vacinas
Documentos de Embarque
Tempo Mapas do Metrô
Fuso Horário Mapas
Consulados Transp. de Animais


Itália

ITÁLIA


Se você gosta de arte, está no lugar certo, pois a Itália concentra aproximadamente 60% dos monumentos artísticos do planeta. Se seus interesses foram mais mundanos, não tem problema, pois beber um bom vinho, cair na noite e comer até cansar também faz parte dos hábitos do alegre povo italiano. Depois de conhecer as cidades mais clássicas, como Roma, Milão, Veneza, Nápoles e Florença, corra para a Costa Amalfitana e fique alguns dias de papo pro ar, curtindo o mar azul e um dolce far niente.

Roma, capital da Itália

A capital da Itália Roma leva você a uma viagem ao passado, mais exatamente ao Império Romano. Caminhar por Roma é passear pela história dos romanos, que faziam apresentações no Coliseu, circulavam pelo Fórum Romano e divertiam-se nas Termas de Caracalla. Claro que ainda há muito mais para ser visto: Piazza Navona, Piazza Venezia, Piazza di Spagna, Fontana di Trevi, Phanteon...

Leonardo da Vinci, Michelangelo, Galileu, Dante e Maquiavel foram alguns dos moradores famosos de Florença. Junto a eles, está ainda uma longa lista de artistas, pensadores e cientistas que escolheram a bela cidade para se instalar e produzir sem parar. Centro da Renascença e berço da família Medici, responsável pelo surgimento de grande parte das obras desse período. Além de ir aos museus, aproveite para caminhar às margens do Rio Arno, atravessar a Ponte Vecchio e deparar-se com a magnitude da Catedral de Santa Maria del Fiore, que demorou mais de 150 anos para ser concluída.

A famosa Florença, berço de grandes artistas, pensadores e cientistas

Pegue um vaporetto em Santa Lucia e vá prestando atenção aos palácios e igrejas que enfeitam as margens. Desça na Piazza San Marco, a mais famosa de Veneza, e permita perder-se pelas ruas estreitas da Sereníssima. Antes, porém, entre na bela Basílica di San Marco, tome um espresso na piazza e siga para a famosa Ponte dos Suspiros. Depois, conheça a movimentada e barulhenta Ponte di Rialto, uma feira de frutas, verduras e peixes. Se você se perder, pegue uma gôndola e volte para o começo.

Nápoles O Centro de Nápoles reúne palácios, igrejas e mosteiros. As obras remontam aos séculos XII e XIV. É em Nápoles que está um dos museus mais importantes do mundo, o Museu Arqueológico Nacional, que foi reformado em 1790 para abrigar tesouros de Pompéia e Herculano. Outro ponto obrigatório é o Castel Nuovo, uma fortaleza construída entre 1279 e 1282.

Depois de circular por Nápoles, recomenda-se uma visita a Pompeia, a cidade atingida pelo Monte Vesúvio em 79 d.C.. Muito do conhecimento que se tem hoje dos antigos romanos se deve aos estudos desenvolvidos em Pompéia e Herculano.



Roteiros - Itália